Que pena que o Sr. Ninguém não poderá assumir!

Um novo “candidato” começa a aparecer expressivamente nesta eleição, seja a majoritária ou proporcional, talvez pela influência da corrente que rola no whatsapp ou facebook que diz “…se tiver mais de 50% de voto nulo anula eleição…” ou pelo fato de não se verem representados por nenhuma das opções.

Porém, primeiramente independente de ter votado em alguém, absteve ou votado em branco, é direito do cidadão de exigir melhorias em sua cidade, não existe a história de “a… eu não votei” ou “você que votou nele” ou então ainda piadinhas que mais refletem o quanto pior melhor.

É preciso ter maturidade política e ver que é a responsabilidade de cada um o caminhar da sua cidade, fazer valer seus direitos e sem idolatria por eleitos e tão pouco partidos, pois é por isso que não temos bons representantes, tão pouco uma renovação política – em São Paulo só 44% de renovação – que é tão necessária, acabam reconduzindo os mesmos de sempre, alguns que fizeram algo mas outros que pouco se importam com o que a população precisa.

Enfim, a participação é importante, é preciso compreender que não é pegando papel no chão ou da mão de cabos eleitorais no dia da eleição que se decide em quem votar, isso tem que ser antes, conhecer as propostas, aliás, nem precisaria de papel se cada um buscasse a informação sobre os candidatos pela internet.

Quem sabe um dia mude um pouco esta nossa política.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese
pt_BRPortuguese